top of page
Buscar

Explorando Protocolo TACACS+




Dando seguimento a nossa série de artigos sobre Segurança de Acesso, continuaremos a abordar os protocolos essenciais que envolvem o AAA. Neste volume iremos conhecer um pouco mais sobre o TACACS+, conhecendo um pouco de sua história, composição, vantagens e limitações.


TACACS+, abreviação de Terminal Access Controller Access Control System Plus, é um protocolo de segurança de rede projetado para oferecer serviços centralizados de AAA (autenticação, autorização e contabilidade) para servidores de acesso remoto. 


Origem e Evolução 


Sua história se inicia 1984, com o surgimento do TACACS, desenvolvido pela BBN Technologies para ARPANET e MILNET, predecessores da internet moderna.

Na década de 1990, a Cisco Systems, reconhecendo a necessidade de controle de acesso mais robusto, desenvolveu uma solução proprietária com recursos adicionais, denominada XTACACS.

Em 1993, novas funcionalidades foram adicionadas, e a Cisco tornou a documentação do protocolo disponível, o renomeando como TACACS+.

Hoje, o TACACS+ é amplamente reconhecido como a escolha preferencial para serviços de AAA em infraestruturas de redes corporativas, graças à sua segurança e flexibilidade superiores.

 

Vantagens do TACACS+

 

- Maior Segurança: O TACACS+ criptografa todo o tráfego entre o cliente e o servidor, oferecendo uma proteção adicional contra ameaças como ataques de espelhamento e interceptação do tipo man-in-the-middle.


Maior Flexibilidade: Em comparação com o RADIUS, o TACACS+ permite um controle de autorização mais granular, possibilitando aos administradores ajustarem permissões de acesso com base em características individuais, de grupo ou customizadas. 


- Escalabilidade: Projetado para redes de grande porte, o TACACS+ suporta a distribuição de servidores em vários pontos da rede e integração com serviços como LDAP em um Active Directory, garantindo uma autenticação centralizada e eficiente. 


- Autorização por Comando e por Contexto: O TACACS+ oferece controle sobre os comandos que os usuários podem executar em dispositivos de rede, além de permitir a customização da autorização de acesso com base no equipamento ou na responsabilidade de configuração. 


- Auditoria Detalhada: Mantém registros detalhados de todas as atividades de autenticação, autorização e uso da sessão, facilitando a identificação e resolução de incidentes de segurança.

 

Limitações do TACACS+ 


- Gestão das Configurações e Logs: A manutenção de configurações e registros em ambientes distribuídos requer softwares especializados para garantir a sincronização e o armazenamento centralizado. 


- Suporte do Fornecedor: Embora amplamente adotado, nem todos os dispositivos e servidores de rede suportam nativamente o TACACS+, o que pode exigir soluções proprietárias em determinados casos.

 

Contribuição para o Modelo de Segurança Zero Trust

 

Tanto o RADIUS quanto o TACACS+ desempenham um papel crucial no suporte ao modelo de segurança Zero Trust, fornecendo validação rigorosa do usuário e controle granular de acesso.

Em setores altamente regulamentados, como finanças e saúde, o TACACS+ é preferido devido à sua segurança robusta e capacidade de fornecer registros detalhados de atividades 


Conclusão 


O TACACS+ é uma peça fundamental na arquitetura de segurança de acesso, especialmente em ambientes corporativos que demandam alta segurança e controle granular.

Com sua história rica em desenvolvimento e sua presença estabelecida em diversos setores, ele permanece como uma escolha confiável para garantir a integridade e a segurança das redes corporativas.

A GPr Sistemas oferece expertise em implantação e personalização de ambientes AAA baseados em TACACS+, garantindo segurança e escalabilidade para suas necessidades específicas. 


Autor: Oswaldo Franzin - Diretor da GPr Sistemas

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commenti


bottom of page