top of page
Buscar

Ciberataques no Cotidiano - Parte 2



Em nosso primeiro artigo sobre Ataques Cibernéticos no Cotidiano, apontamos três dos mais comuns em que as empresas e até mesmo nós em nosso dia a dia social estamos sujeitos a lidar. Porém essas práticas maliciosas vão além do “Phishing, Ransomware e DDos” e todo conhecimento é valido para que possamos prevenir estes ataques em nossa vida pessoal e profissional.  

 

Neste segundo volume sobre Ataques Cibernéticos, vamos abordar a seguir outros meios destas práticas criminosas.  

 

Ataque de Injeção de SQL (SQL Injection)

 

A técnica envolve a inserção maliciosa de código SQL em campos de entrada de um aplicativo, como um formulário de login ou pesquisa. Como a maioria dos sites e aplicativos na web dependem do banco de dados SQL, este ataque pode ser devastador, se não houver uma proteção adequada, o invasor pode acessar, modificar ou excluir informações do banco de dados subjacente, causando prejuízos como a exposição de informações confidenciais dos usuários ou até o comprometimento total do sistema.

  

Prevenir este ataque consiste na utilização de medidas de consultas parametrizadas que são tratadas separadamente do comando SQL principal, validar e filtrar a entrada dos usuários, e certificar-se que seu software de banco de dados esteja sempre atualizado, garantindo que quaisquer vulnerabilidades conhecidas sejam corrigidas.  

 

Spoofing

  

Ato em que o criminoso se passa por outra pessoa ou empresa, com o objetivo de enganar a vítima para obter acesso a informações sigilosas, invadir sistemas ou espalhar malwares. Existem diversos meios deste ataque como o “Spoofing Id” onde o hacker faz o uso de um site com IP legítimo de forma que a vítima não consiga identificar o ataque. Ou o “Spoofing de E-mail" que é o mais comum nos dias de hoje, onde são enviados e-mails falsos se passando por outra pessoa ou empresa, geralmente ligados a ataques de Phishing.

  

Medidas como verificação de duas etapas, ferramentas de monitoramento de redes, assinaturas digitais e conscientização dos usuários são os melhores meios de prevenção a este ataque.  

 

Ataques de MITM (Man-In-The-Middle)

 

O invasor se insere numa comunicação entre duas partes legítimas, tornando-se um intermediário não autorizado, podendo interceptar, alterar e até mesmo interromper a comunicação sem que as vítimas percebam; causando roubo de informações confidenciais como senhas, números de cartões de créditos e outros dados sensíveis.

 

A prevenção deste ataque consiste no uso de VPNs, utilização de protocolos seguros como HTTPS que oferece criptografia de ponta a ponta para proteger os dados transmitidos e a verificação constante dos certificados SSL/TLS dos sites visitados para garantir que a conexão seja autêntica e segura.  

 

Conclusão

 

Diante dessas ameaças, é crucial adotar medidas proativas para proteger-se e proteger suas informações online. Isso inclui a implementação de práticas de segurança robustas, como atualizações regulares de software, uso de autenticação de dois fatores sempre que possível e conscientização sobre as táticas utilizadas pelos cibercriminosos. Além disso, investir em soluções de segurança cibernética avançadas e manter-se atualizado sobre as últimas tendências e ameaças na paisagem cibernética é fundamental para manter-se um passo à frente dos invasores.

 

Em um mundo digital cada vez mais complexo e interconectado, a segurança cibernética nunca foi tão importante. Ao entender e reconhecer os diferentes tipos de ataques cibernéticos, podemos fortalecer nossas defesas e mitigar os riscos associados à vida digital.  

 

Autor: Vinicius Marcondes Silva - Marketing e Comunicação

 

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Yorumlar


bottom of page