top of page
Buscar

Os Impactos do Rastreamento em Microsserviços



O rastreamento (tracing) em microsserviços é um aspecto crucial para garantir a visibilidade e o controle de fluxo em sistemas de software interconectados. Neste breve artigo, exploraremos o conceito deste modo de rastreamento e sua importância.

Desafios dos Microsserviços


Embora a arquitetura de microsserviços ofereça vantagens, como escalabilidade e flexibilidade, ela também adiciona desafios. Um desses desafios é a distribuição do fluxo de informação entre os serviços. O rastreamento ajuda a mitigar esse problema, permitindo que as equipes acompanhem o fluxo de dados e identifiquem possíveis pontos de falha ou gargalos.


O que é Rastreamento?


A rastreamento refere-se à capacidade de rastrear e monitorar o fluxo de informações e eventos em um sistema, desde a entrada até a saída. No contexto de microsserviços, isso envolve acompanhar as transações e os eventos que ocorrem entre os diferentes serviços que compõem a arquitetura.


Log


Em um sistema de microsserviços, é importante registrar eventos e erros para que seja possível rastrear e depurar possíveis problemas de um serviço específico, ou mesmo identificar pontos de melhoria. Esse registro é feito em arquivos de log, onde são colocadas informações referentes às ações e decisões tomadas.


Importância de implementar o rastreamento

Depuração e Diagnóstico: Quando ocorre um problema ou erro em um sistema de microsserviços, o rastreamento permite identificar a origem do problema com maior precisão.

É rastreado o caminho de uma solicitação por meio de uma série de interações entre os microsserviços envolvidos.

Monitoramento de Transações: O rastreamento permite acompanhar transações específicas à medida que atravessam vários serviços. Isso é essencial para garantir que as transações sejam concluídas com sucesso e para detectar possíveis gargalos ou falhas.


Correlação de Dados: A chave para entender todos os dados de rastreamento é a capacidade de correlacionar extensões de diferentes microsserviços relacionados a uma única solicitação de cliente. Para alcançar isso, todos os microsserviços da aplicação devem propagar os cabeçalhos de rastreamento de forma que permita agrupar todos os trechos relevantes e facilitar a identificação dos dados relacionados.


Latência: A análise dos logs pode localizar obstáculos em cada fluxo, os quais tornam uma aplicação mais lenta. Com a análise de cada intervalo (span) é possível identificar o ponto de gargalo e implementar melhorias para otimizar toda a aplicação.


Em resumo, o rastreamento é fundamental para manter a integridade e a eficiência dos sistemas de microsserviços. Ela nos permite entender o fluxo de informações, diagnosticar problemas e garantir que as transações sejam executadas com sucesso e bom desempenho.

Autor: João Chaves - Engenheiro de Software


15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page